Experiência com a marcenaria

“Tudo aconteceu naturalmente, fazendo parte do coletivo e com as obras prontas para exposição. Foi um dia de ‘escola’ que peguei dicas de segurança e manuseio de como fazer as molduras. Depois disso separei os materiais e comecei uma primeira moldura.

Foi bem bacana, uma mistura de sentimentos, atento sempre aos cuidados e imaginando o resultado. Depois de uma hora saiu o primeiro quadro. Ficou incrível!

Ainda animado e motivado fiz mais alguns, seguindo para outras formas de molduras e descobrindo o quão legal é também o universo da marcenaria como arte.”